O loop mais sampleado do mundo

A história da música eletrônica mostra que samplear, ou seja, extrair um sample, um trecho de áudio de outras músicas para recriar algo novo, ou mesmo para incrementar uma produção musical, é coisa muito comum, pois muitos artistas sampleiam outros e criam novas composições, é assim no mundo todo.

O “amen break”, que é um solo de bateria da música “Amen, Brother” que foi gravada em 1969 pela banda The Winstons, que tocava soul e funk, é o loop mais sampleado do mundo. São apenas alguns segundos de uma performance do baterista Gregory C. Coleman na referida canção, que são utilizados desde os anos 80 até os dias atuais, nos mais variados estilos musicais, que vão do jungle, drum’n’bass e hip hop, ao breakcore, experimental e até mesmo no dubstep.

O vídeo a seguir conta a história do tal “amen break”, o loop mais sampleado na história da música.

Um dos fatos interessantes é que os detentores dos direitos autorais, incluindo o baterista, nunca receberam nenhum dinheiro de royalties pela reutilização do loop sampleado.